Os olhos de lince me seguem
             Da mente ao coração me perseguem
                                         seduz
                                         assusta
             Convidam-me a um destino desafiador
             Cedo e vou ao nada em busca do todo
             A dor dilacera em mim como lâminas afiadas
                                                   na direção ao meu peito
             O pensamento me contamina com idéias
             Uma nênia guia-me ao nimbo
                                                   Abismo da incerteza
             O medo é o único que não me abandona
             Disparo passos ao vazio
             Um sonho me resgata
             Não me vejo mais
                                   Sou a memória
                                          o conflito
                                          a busca
                                          a dor de todos
             A esfinge numa guinada gnóstica
             Me cerca e deita-se sobre mim                           
             Enebriando-me com o leite que aflora dos seus seios     
             Pesadas por tantos corpos devorados
            O lacto vinho derramado em minha garganta
            Banha minha alma de sua responsabilidade infinita
                                    Filustria do existir
            Agora sou a espada que corta o silêncio no ar
                                           e sangra as pedras
Mordaz
Bebo corações em catástrofes
No limbo catártico da humanidade
Num incessante
                         e eterno
                                       f i m...
                                                                                        Max do Carmo                             

Exibições: 51

Comentar

Você precisa ser um membro de MP Cidadania para adicionar comentários!

Entrar em MP Cidadania

Comentário de Mayanna Ribeiro em 11 outubro 2011 às 21:34
Max surpreendendo sempre com seus muitos talentos.
Comentário de Karina Gomes Cherubini em 11 outubro 2011 às 19:13
Artista de pinceis e palavras...Parabéns, Max Carmo.
Comentário de Clodoaldo Silva da Anunciação em 11 outubro 2011 às 7:19
A " terça da poesia" de hoje começa em grande estilo com a contribuição de Max D'Carmo. Parabéns pela sensibilidade e estilo e obrigado pela contribuição. Clodoaldo.

Criação e atualização:

Contador de Acessos

Siga o twitter do programa

follow me buttons

@mpcidadania

Visite-nos no Facebook

Acesse: MP Cidadania

Fórum

Escola municipalizada pode cobrar taxa para alunos

Iniciado por SOFIA GUIMARÃES MONTEIRO em Fórum 29 Maio, 2016. 0 Respostas

Escola municipalizada pode cobra taxa para alunos

Iniciado por SOFIA GUIMARÃES MONTEIRO em Fórum 29 Maio, 2016. 0 Respostas

Criação cadastro único do fundeb

Iniciado por SOFIA GUIMARÃES MONTEIRO em Fórum 29 Maio, 2016. 0 Respostas

© 2017   Criado por Clodoaldo Silva da Anunciação.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço