Olho o mapa da cidade
Como quem examinasse
A anatomia de um corpo...

(E nem que fosse o meu corpo!)

Sinto uma dor infinita
Das ruas de Porto Alegre
Onde jamais passarei...

Há tanta esquina esquisita,
Tanta nuança de paredes,
Há tanta moça bonita
Nas ruas que não andei
(E ha uma rua encantada
Que nem em sonhos sonhei...)

Quando eu for, um dia desses,
Poeira ou folha levada
No vento da madrugada,
Serei um pouco do nada
Invisível, delicioso

Que faz com que o teu ar
Pareça mais um olhar,
Suave mistério amoroso,
Cidade de meu andar
(Deste já tão longo andar!)

E talvez de meu repouso...

Exibições: 41

Comentar

Você precisa ser um membro de MP Cidadania para adicionar comentários!

Entrar em MP Cidadania

Criação e atualização:

Contador de Acessos

Siga o twitter do programa

follow me buttons

@mpcidadania

Visite-nos no Facebook

Acesse: MP Cidadania

Fórum

Escola municipalizada pode cobrar taxa para alunos

Iniciado por SOFIA GUIMARÃES MONTEIRO em Fórum 29 Maio, 2016. 0 Respostas

Escola municipalizada pode cobra taxa para alunos

Iniciado por SOFIA GUIMARÃES MONTEIRO em Fórum 29 Maio, 2016. 0 Respostas

Criação cadastro único do fundeb

Iniciado por SOFIA GUIMARÃES MONTEIRO em Fórum 29 Maio, 2016. 0 Respostas

© 2017   Criado por Clodoaldo Silva da Anunciação.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço