Eu 

Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada ... a dolorida ...


Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...


Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...


Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!

Florbela Espanca - Livro de Mágoas

Exibições: 67

Comentar

Você precisa ser um membro de MP Cidadania para adicionar comentários!

Entrar em MP Cidadania

Comentário de Mayanna Ribeiro em 11 outubro 2011 às 21:11
Pois é Bruna, venha logo.
Comentário de Karina Gomes Cherubini em 11 outubro 2011 às 19:00
Bruna, venha logo, estamos esperando por você!
Comentário de Bruna Gelis Fittipaldi em 11 outubro 2011 às 10:30
Clodoaldo, adoro a "Terça da Poesia".
Foi uma iniciativa brilhante. Contribuirei sempre.
Nós que agradecemos. Abç. Bruna.
Comentário de Clodoaldo Silva da Anunciação em 11 outubro 2011 às 10:06
Mais uma demonstração de amor à poesia, à arte, tornando nosso dia mais agradável. Bruna Fittipaldi nos brinda com esse texto fantástico. Obrigado.Clodoaldo

Criação e atualização:

Contador de Acessos

Siga o twitter do programa

follow me buttons

@mpcidadania

Visite-nos no Facebook

Acesse: MP Cidadania

Fórum

Escola municipalizada pode cobrar taxa para alunos

Iniciado por SOFIA GUIMARÃES MONTEIRO em Fórum 29 Maio, 2016. 0 Respostas

Escola municipalizada pode cobra taxa para alunos

Iniciado por SOFIA GUIMARÃES MONTEIRO em Fórum 29 Maio, 2016. 0 Respostas

Criação cadastro único do fundeb

Iniciado por SOFIA GUIMARÃES MONTEIRO em Fórum 29 Maio, 2016. 0 Respostas

© 2017   Criado por Clodoaldo Silva da Anunciação.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço